sexta-feira, setembro 29, 2006

Choro


Devolvo-te ao teu corpo num beijo. Desperto a tua alma por aquecer os teus lábios… Sopro-te no pescoço, acaricio a tua pele…

Mas perco-me na loucura do que sei impossível.
Levanto-te em braços na força do meu desespero.
Chamo-te, beijo-te, suplico.
Mas a gravidade cola-te ao chão, não te deixa abrir os olhos, esboçar sequer um sorriso. Porque não te mexes? Que é da tua voz, do teu passo? Para onde fugiste?
Colo-me ao que resta de ti, protejo-o como algo sagrado, imaterial, mas já não és mais que pó, vapor, sangue… frio, mudo, quieto.
Ergo olhos ao céu, a um Deus que não me existe. Peço-te a ele, a tua alma, que ma devolva. Com um beijo, um sopro, um toque… mais poderosos do que os meus. Sou só um Homem, não posso nada.

Mas não há resposta, e abraço-te enquanto te choro.

8 comentários:

a_pluto disse...

Gostei mt!
Beijinho!!!

**Chronicles/Arclight** disse...

lindo amiga!!
quase m senti na pele dele

e k lindas palavras citas

adorei ler-t!!

bjosssss****************

Jofre Alves disse...

Passei para apreciar esta página agradável, que me atrai pela sua qualidade e desejar bom fim-de-semana. Até breve.

Paulo Sempre disse...

Por uma lágrima...por uma lágrima tua e a alegria me deixaria matar...

As tuas lágrimas
Eram tranças
Cordas cativas
No teu pranto....e tua sabias que à noite chora-se melhor.

Gostei!!!!
Bjs
Paulo

Fred disse...

sempre a presentear-nos com belas palavras.
bjitos

Ghost disse...

Ah, coiso e tal... Pois é, Pois é... Ta freskito o tempo. E pronto só pa n tar sempre a dizer bem, que também chateia. :p *

Fontez disse...

texto triste.
alguem morreu, alguem caiu, alguem sofreu...
dear nandita, linda...porque este texto? pq esta escrita, n vejo um fio de luz de alegria...
pq pessimisto, pq tristeza?...
as tuas palavras sao deveras instigantes para a alma...! na achas?
irriga as palavras de alegria, dá combustivel de amor ao coração das palavras! ;)
bjs

P.S. Sorry, mas no outro dia n deu pra ir às barraquinhas...vou noutra altura, ou ja n tao por lá?
inte
:)

Hrrada disse...

Mto bom! Mesmo! :)

Também eu "me perco na loucura do que sei impossível"..

"Colo-me ao que resta de ti, protejo-o como algo sagrado"... Protege, mas não te prendas...

Bisous*

( Ando meia desaparecida mas hoje senti vontade d te vir visitar! E ainda bem q o fiz! :) )