quinta-feira, outubro 02, 2008

Aqui

O que mais me maravilha em mudar de pedacinho geográfico durante uns meses, tem sido este começo...

Aos tropeções, com muitas perguntas, sem sentido de orientação,vou começando a absorver os novos espaços, a conhecer as rotinas, a criar a minha própria rotina.

Dou por mim sentada entre cinco, seis nacionalidades diferentes, e percebo como é extraordinária esta experiência. Todos nós viemos de lugares tão diferentes, com passados de memórias incomparáveis, e conseguimos aqui criar algo em comum, um laço, pontes para o futuro.

Há dias, enquanto passeava na Avenida, percebi que já comecei a gostar deste sítio, e a senti-lo como meu. Tal como em Vila Real. Olho tudo com um ar de companheira, pisco o olho a esta cidade, faço ouvidos moucos aos sons desafinados, à pequenas notas fora de sítio. Porque passa por aí adoptar um lugar. Fazer dele nosso espaço, tomar como nossas as suas batalhas! Kosice não é Viena, como Brno não é Paris. Mas é o meu sítio. Por estes meses, é o meu sítio.

E enquanto o sol morno me entrar pela janela, nas manhãs como a de hoje, não tenho razões para me chatear com o meu sítio. Talvez quando a neve cair, e gelar os passeios, possamos ter uma pirraça... Mas não hoje, e não agora, que ainda estamos a começar.

Vou só aproveitar o sol. O meu novo sol.

1 comentário:

Luis Carvalho disse...

Bem vinda ao estrangeiro...

Que a tua viagem seja tão boa como a minha tem sido...

Se alguma vez passares por Berlin avisa... Eu estou a pensar visitar Brno em Novembro...Abraços